36 horas em Fortaleza

Um governador legal (e alto!!!), um rapper brasileiro famoso, uma serenata de John Lennon e um dos mais novos estádios de futebol do mundo. Parece difícil de acreditar, mas em 36 horas pude ver tudo isso e mais em Fortaleza. Tinha tanta coisa para fazer – até demais! – e, com certeza, esta será a primeira de várias visitas à capital do Ceará. Mas antes que me antecipe, vamos começar pelo começo.

Reunião com governador do Cerá Cid Gomes (Foto: Consulado dos EUA no Recife).

Reunião com governador do Cerá Cid Gomes (Foto: Consulado dos EUA no Recife).

Depois de chegar em um rápido voo de Recife, eu fui com nossa cônsul, Usha Pitts, para o Palácio da Abolição para encontrar com o governador do Ceará, Cid Gomes, com o secretário de Turismo, Bismarck Maia, e com o secretário especial para a Copa do Mundo de 2014, Ferruccio Petri Feitosa. O palácio é lindo e tivemos uma ótima reunião no gabinete do governador. Cid Gomes tem laços fortes com os Estados Unidos e se encontrou com os presidentes Clinton e Obama. Entre os vários tópicos discutidos estavam o novo aquário que está sendo construído com a ajuda de uma empresa americana e o maquinário recentemente adquirido de um fabricante americano que ajudará a cidade a cavar túneis para as suas novas linhas de metrô.

Estágio Futebol Castelão Arena (Foto: Carmen Dowling)

Estágio Futebol Castelão Arena (Foto: Carmen Dowling)

Fortaleza logo hospedará milhares de americanos para a Copa das Confederações este ano, bem como para a Copa do Mundo em 2014. O secretário especial Feitosa nos disse que durante as recentes reuniões com a FIFA ele ficou sabendo que os americanos compraram a segunda maior quantidade de ingressos vendidos até hoje. Fortaleza está mais que pronta para o seu papel de cidade anfitriã desses dois eventos; ela foi a primeira cidade a completar a construção de seu famoso estádio de futebol, Castelão Arena. Com capacidade para mais de 60.000 pessoas, o estádio respeita o meio ambiente e é socialmente consciente em seu desenho e construção. E, claro, é muito bonito. Não só conseguimos ver um jogo nesse estádio inacreditável com o governador, como também pudemos ouvir uma improvisação de rap feita por Gabriel, o Pensador, um músico muito conhecido do Rio.

Visita à Universidade de Fortaleza - Unifor (Foto: Consulado dos EUA no Recife).

Visita à Universidade de Fortaleza – Unifor (Foto: Consulado dos EUA no Recife).

O futebol não foi o único destaque da viagem. Intercâmbio educacional entre os Estados Unidos e o Brasil é uma parte importante de nossas relações bilaterais e pudemos participar de dois grandes eventos durante nossa curta estadia. Primeiro fomos ao 40º aniversário da Universidade de Fortaleza (Unifor) que aconteceu em seu Espaço Cultural e destacava uma grande coleção de trabalhos de arte brasileiros e internacionais da Fundação Edson Queiroz. A exibição estava maravilhosa e pude conhecer alguns dos professores que ajudam a fazer desta umas das melhores instituições particulares no país.

Outro aspecto dos objetivos educacionais da Missão no Brasil é promover o ensino da língua inglesa. O Departamento de Estado disponibilizou micro bolsas-de-estudo para um grupo de 20 estudantes que receberá dois anos de aulas de inglês na escola de línguas IBEU.  Os estudantes tinham começado a estudar há duas semanas, mas já demonstraram suas aptidões para o inglês ao encenarem algumas cenas cômicas e uma versão da música de John Lennon, Imagine. A cônsul Pitts falou um pouco de sua própria experiência com o aprendizado de línguas e mostrou que ao aprender inglês várias portas se abrirão para eles, tanto profissionais como além disso também. Tivemos uma pequena recepção depois, onde pude conhecer uma ex-aluna que falou um inglês fantástico e me contou que seu sonho era ser diplomata um dia. Acabamos virando amigas no Facebook e não tenho dúvidas de que a verei novamente em alguma embaixada em algum lugar do mundo.

Estudantes do programa Access (Foto: Consulado EUA no Recife).

Estudantes do programa Access (Foto: Consulado EUA no Recife).

Minha viagem a Fortaleza foi curta, mas cheia de eventos muito interessantes. Teve algo muito importante que ficou faltando nessa viagem, no entanto… uma ida à praia! Isso significa que terei que voltar logo, e não vejo a hora de ter esta chance!

Postado em Fortaleza, Ceara, Brazil.

+2
0
  

One thought on “36 horas em Fortaleza

  1. Muito lindo seu depoimento sobre Fortaleza, minha cidade natal, que tanto amo. Espero que possa voltar e estreitar os laços para que pessoas como eu, simples e sonhadora, possa ter oportunidade de visitar seu país algum dia. Infelizmente tive meu visto negado duas vezes por não conseguir provar intenção de voltar. Você viu alguns poucos motivos pra mim não abandonar esta cidade mas vai comprender mesmo, quando vier às praias. Abraços

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>