Ipojuca

Postado por Vicky Ku
Vice-cônsul dos EUA no Recife

Porto de Galinhas, distrito de Ipojuca (Foto: divulgação)

Porto de Galinhas, distrito de Ipojuca (Foto: divulgação)

Enquanto dirigíamos embaixo de um temporal, percebi que só estava tendo uma pequena amostra do que é a estação das chuvas no nordeste brasileiro e fiquei agradecida que nosso motorista muito experiente era quem estava nos levando para Ipojuca. Estou no Brasil há dois meses e esta é a primeira chance que tenho que viajar para fora de Recife e explorar outra cidade.

Continue a ler

Postado em Ipojuca, Pernambuco, Brazil.

Campos: Uma Cidade de Superlativos

Postado por John Elliott,
vice-cônsul, Consulado Geral no Rio de Janeiro

Óleo, Educação e o Som da Música em Campos dos Goytacazes


Depois de dirigir para o norte do estado do Rio de Janeiro por cinco horas, entrei em Campos e passei, sem perceber, do lugar que um dos meus contatos marcou como ponto de encontro: a entrada da cidade. Achei que iria ver algo como arcos, mas logo descobri que a entrada é marcada por uma torre de perfuração de petróleo montada no meio de uma rotatória. A torre sendo o ícone dos poços de petróleo que enriquece a cidade de meio milhão de pessoas.

Meu novo amigo era Paulo Cezar Fontoura, da instituição de ensino de música Orquestrando A Vida (OAV). Eu o conheci, e três outros de seus sócios, quando fui a uma apresentação que fizeram para a Seção de Imprensa, Educação e Cultura do Consulado Geral no Rio de Janeiro no mês anterior.

Continue a ler

Postado em Campos, Rio de Janeiro, Brazil.

Manaus – no meio da Amazônia e no meio da cidade grande

Parte do “building boom”, a ponte Rio Negro liga Manaus a Iranduba. A ponte é impressionante mas se você perguntar aos manauraras eles vão dizer: “Sim! A ponte é muito legal mas é superfaturada!” (foto: Ivan Villela)

Parte do “building boom”, a ponte Rio Negro liga Manaus a Iranduba. A ponte é impressionante mas se você perguntar aos manauraras eles vão dizer: “Sim! A ponte é muito legal mas é superfaturada!” (foto: Ivan Villela)

Eu tive o prazer de visitar Manaus há algumas semanas. Eu fiz parte da equipe que trabalhou no programa English Immersion (EIP), patrocinado pela Embaixada dos EUA em Brasília e organizado pelo Instituto Cultural Brasil-Estados Unidos (ICBEU). Os 21 participantes do EIP eram de lugares diferentes do norte do Brasil e estavam muito felizes de compartilhar histórias sobre a terra natal deles e como eles as comparam com Manaus. Muitas das conversas que tive com eles sobre a vida de universitário, música e comida brasileiras, e as dificuldades de aprender um outro idioma vou levar comigo por muito tempo. Eu me lembro que os surpreendi quando disse que meu cantor brasileiro favorito era o Zeca Pagodinho…Não sei porque, mas ele é muito bom!

Continue a ler

Postado em Manaus, Amazonas, Brazil.

São Bernardo do Campo – cidade industrial

Vista noturna do centro de São Bernardo, SP (Foto: Prefeitura de São Bernardo)

Vista noturna do centro de São Bernardo, SP (Foto: Prefeitura de São Bernardo)

Recentemente eu fiz minha primeira visita para uma das cidades do programa Rota 66: São Bernardo do Campo, na região metropolitana de São Paulo. Eu pude conhecer o Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP) para discutir a defesa emergente da cidade e indústrias de energia. O CIESP quer produzir um estudo de oportunidades de negócios disponíveis em São Bernardo do Campo, que vai servir para negócios americanos sobre a cidade.

Continue a ler

Postado em São Bernardo do Campo, São Paulo, Brazil.

Campo Grande e Três Lagoas são logo ali

Em abril, eu visitei Campo Grande e Três Lagoas, cidades da Rota 66, no Mato Grosso do Sul. Enquanto estava em Campo Grande, tive a oportunidade de conhecer representantes da FERCOMERCIO/MS e da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo (SEPROTUR). Os encontros focaram em desenvolvimento econômico e no sucesso e capacidade econômica crescente do estado do Mato Grosso do Sul.

Futuro aquário do pantanal (Foto: Divulgação)

Futuro aquário do pantanal (Foto: Divulgação)

Em breve, da SEPROTUR: investimento de US$ 50 milhões para construir um grande aquário chamado “Aquário do Pantanal”, que será a maior atração turística e um centro educacional e de pesquisa.

Continue a ler

Postado em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brazil.