Teresina: calorosa e acolhedora

Postado por Greg Holliday
Adido no Consulado dos EUA no Recife

Karnak, o palácio do governador. (Foto: Greg Holliday)

Karnak, o palácio do governador. (Foto: Greg Holliday)

Teresina, a capital do Piauí, é a única capital do nordeste brasileiro que não fica perto do mar. Por outro lado, a cidade fica no cruzamento de dois rios importantes, o Parnaíba e o Poti. A falta da brisa fresca do mar lhe rendeu o título de cidade mais quente do Brasil, mas o que mais notei foi o calor dos seus cidadãos.

O Piauí, conhecido por sua colaboração agrícola ao Brasil, com a soja, o caju (experimente a cajuína!), derivados de leite e carne, talvez seja conhecido em um futuro próximo por sua população fluente em inglês. O governador Wilson Martins disse para a Adida de Cultura, Educação e Imprensa, Heidi Arola, e para mim que está criando um programa no estado para promover o estudo de línguas estrangeiras. Estudantes de mil escolas públicas receberão bolsas de estudo para aprender inglês e também espanhol e 120 dos melhores alunos terão a chance de estudar no exterior. Esperamos que a maioria deles escolha os Estados Unidos!  Enquanto estava em Teresina, conheci a bela e moderna escola bilíngue Bright Bee, a primeira pré-escola de imersão de inglês da cidade e que logo será também de ensino fundamental. Já, já o inglês será ouvido nos parquinhos de Teresina!

Prefeito Firmino filho entrega a Gregory Holliday um presente feito pelos artesãos locais. (Foto: Greg Holliday)

Prefeito Firmino filho entrega a Gregory Holliday um presente feito pelos artesãos locais. (Foto: Greg Holliday)

O prefeito Firmino Filho me contou sobre sua viagem em fevereiro deste ano à conferência do Banco Mundial em Washington D.C. onde foi convidado a falar sobre os seus projetos de desenvolvimento sustentável. Ele desenvolveu nos subúrbios ao norte de Teresina um projeto de manejo de áreas pantanosas para por em marcha o uso responsável da água para a região em desenvolvimento.  O prefeito também foi reconhecido por seu projeto em uma parte da cidade economicamente desvalorizada onde está elevando os padrões de vida ao usar recursos da cidade para construir creches e escolas fundamentais.

Secretária de comunicação, Claudia Brandão mostra peça de arte local na Casa de Cultura (Foto: Greg Holliday)

Secretária de comunicação, Claudia Brandão mostra peça de arte local na Casa de Cultura (Foto: Greg Holliday)

Eu conheci o patrimônio cultural de Teresina quando fiz um tour pela Casa de Cultura e compras no Centro Artesanal – que é uma bela delegacia reformada para este propósito. Mas, por trás das pinturas coloridas da vida de Teresina há uma história negra. Um dos vendedores do Centro Artesanal levantou um alçapão no chão e me levou por uma escada bem apertada para uma sala sem janelas com rachaduras nas paredes e uma única luz elétrica balançando no teto. Ele disse que era uma câmara de tortura usada durante a ditadura militar e demonstrou onde as pessoas eram algemadas às paredes.

Meninas se encaminham à aula de dança. (Foto: Greg Holliday)

Meninas se encaminham à aula de dança. (Foto: Greg Holliday)

De volta à superfície, a visão de meninas adolescentes em suas roupas de balé andando para suas aulas fez com que os pecados dos tempos passados parecessem bem longe. Já estou ansioso pela minha próxima viagem a Teresina para poder passar mais tempo com seu povo caloroso e acolhedor. Da próxima vez, vou visitar o parque que não pude ver na junção dos dois rios e degustar mais pratos do suculento capote.

 

 

 

Postado em Teresina, Piaui, Brazil.

Sobral: a Princesa do Norte

Postado por Lara Caroline Ezequiel
participante do Programa English Immersion

Sobral - Princesa do Norte (Fonte Foto: jacris.com.br)

Sobral – Princesa do Norte (Fonte Foto: jacris.com.br)

Não nasci em Sobral, mas me sinto bastante orgulhosa em apresentar a cidade onde eu vivo para o Brasil. Uma cidade que guarda grande importância e historicidade para o estado do Ceará. Palco de uma grande realização para o mundo científico, com um centro histórico exuberante, belas praças e educação que ganha destaque nacional. Tem um clima quente e seco, mas isso não impede o grande fluxo de pessoas dos municípios vizinhos, principalmente por conta do comércio e das universidades.

Continue a ler

Postado em Sobral, Ceara, Brazil.

Campos: Uma Cidade de Superlativos

Postado por John Elliott,
vice-cônsul, Consulado Geral no Rio de Janeiro

Óleo, Educação e o Som da Música em Campos dos Goytacazes


Depois de dirigir para o norte do estado do Rio de Janeiro por cinco horas, entrei em Campos e passei, sem perceber, do lugar que um dos meus contatos marcou como ponto de encontro: a entrada da cidade. Achei que iria ver algo como arcos, mas logo descobri que a entrada é marcada por uma torre de perfuração de petróleo montada no meio de uma rotatória. A torre sendo o ícone dos poços de petróleo que enriquece a cidade de meio milhão de pessoas.

Meu novo amigo era Paulo Cezar Fontoura, da instituição de ensino de música Orquestrando A Vida (OAV). Eu o conheci, e três outros de seus sócios, quando fui a uma apresentação que fizeram para a Seção de Imprensa, Educação e Cultura do Consulado Geral no Rio de Janeiro no mês anterior.

Continue a ler

Postado em Campos, Rio de Janeiro, Brazil.

Cônsul Usha Pitts Visita Mossoró

Postado por Usha Pitts
Cônsul, Consulado dos EUA no Recife

Na primeira visita oficial a Mossoró feita por uma diplomata do governo americano, pelo menos em nossa memória recente, fui recebida com gentileza e entusiamo pela população com grandes aspirações desta pequena cidade. Como cônsul do consulado dos Estados Unidos no Recife, eu começei nossa viagem da Rota 66 com uma visita a Mossoró, a segunda maior cidade do Rio Grande do Norte.

Ruth Ciarlini (Vice-prefeita), Rosalba Ciarlini (Governadpra), Usha Pitts (Cônsul dos EUA), Fafá Rosado (Prefeita), em Mossoró (Foto: Consulado dos EUA/Recife).

Mossoró, que fica a sete horas de carro do Recife-PE, é uma cidade de 260 mil habitantes com um clima semelhante a qualquer outra cidade do interior do Nordeste: seca, quente e isolada das úmidas capitais do litoral.  Mas Mossoró guarda um lugar na história do Brasil como a primeira cidade a abolir a escravidão em 1883 (cinco anos antes do restante do país) e primeira a conceder às mulheres o direito de votar, em 1928.

Continue a ler

Brasília, que lugar fantástico!

Por Isabel Theresa 
Participante do English Immersion Program 2012

Brasília, que lugar fantástico! English Immersion Program, que experiência maravilhosa! Acho que só sendo poeta para conseguir descrever essa sensação indescritível de felicidade, satisfação e saudades mil, que me ocorre quando me lembro de Brasília e da semana inesquecível que passei lá. Sinto-me super valorizada e reconhecida por ter tido a oportunidade de participar desse Programa de Imersão no Inglês (English Immersion Program – EIP), patrocinado pela Embaixada Americana, de ser uma Immersioner2012!

Participantes do EIP em Brasília (Foto: Acervo Isabel)

Pois então, como uma immersioner, possuíamos uma agenda diária lotada de atividades, aulas e palestras na Casa Thomas Jefferson, instituição de referência nacional no ensino de Inglês. No fim das tardes, tínhamos o privilégio de conhecer mais sobre Brasília.

Continue a ler

Goiânia – Um Futuro Brilhante

Visitei a cidade de Goiânia pela primeira vez em fevereiro deste ano, e fiquei impressionada com a energia desta cidade industrial, que também esta crescendo rápido. Goiânia é uma cidade planejada, fundada em outubro de 1933 pelo então governador Pedro Ludovico, para servir como nova capital do estado e centro administrativo. Com uma população de 2 milhões de pessoas, também é conhecida por ter a maior área verde por habitante no Brasil, e é a segunda do mundo nessa categoria, perdendo apenas para a cidade de Edmonton, em Alberta, Canadá. É realmente uma cidade encantadora com uma boa qualidade de vida. (Foto, acima, à direita, retrata Goiânia à noite. Fonte: Wikipedia).

(Foto: Marcos Casiano)

Continue a ler

Descobrindo Natal: A cidade de Christmas e do Trampolim da Vitória

Estou num táxi do Aeroporto Internacional Augusto Severo em Natal. Acabo de pousar depois de um voo de 45 minutos de Recife para Natal. Esta não foi minha primeira viagem a Natal. Já havia feito uma viagem de carro de 4 horas, mas esta foi a primeira vez que notei a enorme árvore de Natal, com mais de 100 metros de altura, que fica na entrada da cidade. Por um segundo, tive que consultar minha agenda na memória. Para uma garota de Minnesota, que é acostumada a ter quatro estações distintas, frequentemente perco a noção do tempo no Nordeste do Brasil, a terra do verão eterno, e tenho que pensar em que mês estou. Mas, se não é dezembro, por que a decoração de Natal ainda está montada? Mas é claro, é Christmas todos os meses em Natal. Natal é a cidade de Christmas.

Vista da Pousada Manary (Foto: Heidi Arola)

Vista da Pousada Manary (Foto: Heidi Arola)

Natal é meu feriado favorito e esta cidade tem muitos presentes para oferecer. Estou me sentindo tão sortuda por ter sido escolhida para adotar “Christmas” como minha cidade no programa Rota 66. É um lindo, quente e ensolarado dia em Natal. Descobri que isso é assim quase o ano inteiro! Minha primeira parada é Ponta Negra. Uma das minhas cidades litorâneas preferidas no Brasil. Eu amo a pousada Manary, que não por acaso pertence ao Roteiro de Charme e também tem um restaurante excelente que é parte da Associação de Restaurantes da Boa Lembrança. Da minha varanda na pousada, tenho uma vista fantástica do Morro do Careca e posso ver os surfistas e kitesurfistas fazendo manobras nas ondas. Lembro-me de ter visto um episódio do Caldeirão do Huck uma vez que eles entrevistaram um surfista de areia que disse que constumava descer o Morro do Careca. Sei que agora existem regras rígidas sobre o surfe na areia para evitar a erosão e proteger o meio ambiente. Continue a ler

Postado em Natal, Rio Grande do Norte, Brazil.

O olhar brasileiro de Manaus

por Airê Queiroz dos Santos
Participante do programa English Immersion 2012

Eu me sinto único em viver em uma das cidades que fazem parte da Rota 66 –BR.

O Teatro Amazonas, em Manaus. (Foto: Divulgação)

O Teatro Amazonas, em Manaus. (Foto: Divulgação)

Manaus: o que falar desta grande cidade, desta grande Capital? Tanto no sentido capitalista quanto no seu potencial Turístico. Sendo uma das principais cidades do estado do Amazonas, ou a principal em si, pois como exemplo podemos falar sobre a sua grande miscigenação, que consiste na mistura de raças, povos de diferentes etnias. Localizada no extremo norte do País, sua grande diversidade de capital e variações turísticas, tem como crescimento principal do estado e de grande potencial socioeconômico, o que leva a migração de outras pessoas de outros estados, para a nossa capital. Continue a ler

Postado em Manaus, Amazonas, Brazil.

Bem-vindo!

“Nós temos um retorno muito maior de reuniões com brasileiros quando saímos dos lugares-comuns e os encontramos onde eles querem estar.” John Matel, diretor do Departamento de Cultura, Educação e Imprensa da Embaixada dos Estados Unidos da América

Você não consegue realmente conhecer um lugar a não ser que saia pelas ruas e converse com as pessoas. O verdadeiro trabalho da diplomacia está nos relacionamentos que temos com as pessoas do país e os diplomatas não conseguem fazer seu trabalho se ficam enfurnados no escritório. Continue a ler

Postado em Brasilia, Distrito Federal, Brazil.